Funchal premiado na área da acessibilidade

O Funchal foi considerado uma cidade «amiga» das pessoas com mobilidade reduzida, com a câmara municipal a ter recebido, esta tarde, dois prémios do Instituto de Cidades e Vilas com Mobilidade: um Certificado de Acessibilidade de Espaço Urbano e a bandeira da rede de “Cidades e Vilas de Excelência”.
Os galardões foram entregues pela presidente do ICVM, Paula Teles, que explicou que o certificado está relacionado com a atividade de Itinerário Turístico Acessível do Funchal, pelo facto da capital madeirense integrar um projeto recentemente lançado em Portugal com 20 rotas piloto. A lista está disponível no site “Visit Portugal” e apresenta territórios que estão devidamente preparados para acolher pessoas com mobilidade reduzida, que podem passar por mães com carrinho de bebé, pessoas com deficiência ou idosos.
O Funchal também foi classificado como uma cidade de excelência, com a autarquia liderada por Paulo Cafôfo a ter recebido «uma das primeiras 10 bandeiras a hastear, num pacote de mais de 70», frisou Paula Teles.
Na oportunidade, o responsável por este projeto, Pedro Silva, considerou que «todas as outras autarquias têm muito a aprender com aquilo que a Câmara Municipal do Funchal tem vindo a fazer».
Destacou ainda o «enorme trabalho» que este município tem feito ao nível das acessibilidades e do seu planeamento.
As distinções «são motivo de orgulho, honra e responsabilidade», «para continuarmos estas políticas», congratulou-se Paulo Cafôfo, que afiançou que «o Funchal está na vanguarda das cidades que se preocupam com as acessibilidades, mas temos ainda muito trabalho pela frente».
À margem desta iniciativa, o vereador Domingos Rodrigues anunciou uma novidade à comunicação social, a melhoria da acessibilidade na Rua das Fontes, «por trás da Casa do Turista».
«É uma rua com um piso clássico, madeirense, muito antigo, que nós vamos deixar ficar, mas que vai ter um corredor, uma chamada “faixa de conforto”, absolutamente lisa, e que permite toda a mobilidade elétrica», desvendou.

subir
114 utilizadores votaram.
Vote para aumentar a visibilidade do artigo