Moscovo nega ter informação comprometedora sobre Donald Trump

Um porta-voz do chefe de Estado russo, Vladimir Putin, negou hoje que o Kremlin tinha reunido informação comprometedora sobre o Presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump.
Dmitry Peskov considerou as declarações de um responsável norte-americano à agência noticiosa Associated Press (AP) "completamente falsas e absolutamente disparatadas", e insistiu que o Kremlin "não procura obter informação comprometedora".
Na terça-feira, um responsável norte-americano disse à AP que os serviços secretos tinham informado Trump sobre um relatório não comprovado de que a Rússia tinha obtido informação pessoal e financeira comprometedora sobre o Presidente eleito dos Estados Unidos.
O responsável pediu para não ser identificado por não estar autorizado a falar do caso publicamente.
Depois da publicação destas notícias, Donald Trump afirmou, na rede social Twitter: "Notícias falsas - uma caça às bruxas política!"

subir
29 utilizadores votaram.
Vote para aumentar a visibilidade do artigo